BASKET OSASCO - TIME DE BASQUETE MASCULINO DA CIDADE DE OSASCO  
NOTÍCIAS

Data: 02/03/2020
Essa notícia foi lida 85 vezes

  

Justas homenagens

O Campeonato Brasileiro adulto de basquete começa no próximo dia 15 de março, com o duelo entre Basquete Anapolino e Cerrado Basquete (o Basket Osasco estreia no dia 19/03, em casa, às 20h, contra o Cerrado). E o torneio este ano ganhou três novidades nostálgicas para o fã da bola laranja. As Conferências Verde e Amarelo ganharam os nomes de Hélio Rubens Garcia e Gerson Victalino. E o troféu de melhor jogador em quadra receberá o Troféu Wlamir Marques. Nesta semana, a Confederação Brasileira de Basketball lançou os selos oficiais das ações, com o rosto dos homenageados, numa ação de valorização da história do basquete brasileiro.

Gerson foi o jogador que mais vezes vestiu a camisa da seleção brasileira adulta. E foi campeão dos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis, em 1987. Já Hélio Rubens Garcia foi por três vezes medalhista em Mundiais com o Brasil (1967, 1970 e 1978). Além disso, foi técnico da seleção brasileira em 96 partidas (64 vitórias e 32 derrotas) em 12 competições oficiais, sendo campeão dos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg 1999. Wlamir Marques, por sua vez, foi bicampeão mundial em 1959 e 1963 pela seleção brasileira, além de ser dono de duas medalhas olímpicas. É considerado por muitos um dos maiores atletas da história do país.

"Valorizar os nossos ídolos, em vida, é uma obrigação do basquete brasileiro. Gerson vestia a camisa do Brasil com uma paixão que poucos tiveram. Se entregava em quadra. Hélio Rubens, dono de três medalhas em Mundiais com o Brasil, era um grande jogador e depois foi um excelente técnico. E Wlamir Marques dispensa apresentações, sendo um dos melhores da nossa história. Batizar as conferências do Campeonato Brasileiro e o troféu de melhor em quadra com seus nomes é uma forma de valorizar a nossa história e devolver um pouco do que eles fizeram pelo nosso país", disse o presidente da CBB, Guy Peixoto.

Diretor executivo do projeto Basket Osasco e técnico do time adulto, João Ricardo Lourenço elogiou a ação da CBB, valorizando os ídolos da modalidade.

"Hélio Rubens, Gerson Victalino e Wlamir Marques são grandes referências para todos nós, apaixonados por basquete. Não poderia haver escolha melhor nessa linda homenagem da CBB", destacou.

Brasileirão

Em parceria com a TVN Sports, o Brasileirão terá um jogo transmitido por rodada na TV CBB, além de todo o playoff, somando 30 partidas ao vivo, aumentando o número de jogos com transmissão com relação a última temporada. Ao todo, o torneio terá 100 jogos, com cada equipe fazendo pelo menos 12 partidas com a participação na primeira fase.

Durante a transmissão da rodada, o Twitter da CBB fará a transmissão em Tempo Real, com vídeos curtos dos melhores lances, além dos Melhores Momentos dos duelos. Esses vídeos também estarão em ações no Youtube, Facebook e IGTV.

Participam do Brasileirão: Basquete Blumenau-SC, Brusque/FME/Aradefe/Trimania-SC, São José dos Pinhais-PR, NBPG/CCR Rodo Norte/UNISECAL Ponta Grossa-PR, Cerrado Basquete-DF, Basquete Anapolino-GO, Basket Osasco-SP, Basquete Joinville-SC, Black Star Joinville-SC, Viptech Campo Mourão Basquete-PR, ADRM/Maringá-PR, Praia Clube, Esporte Clube Pinheiros-SP e LSB/FLEX/PMS-SP.

Fórmula de disputa

Na primeira fase, as equipes se enfrentam dentro de suas conferências, em turno e returno. Os dois melhores de cada avançam direto para as quartas de final. As demais equipes (terceiro, quarto, quinto e sexto) realizam duelo único de mata-mata, na casa do clube de melhor campanha, cruzando as conferências, definindo mais quatro classificados.

As quartas de final serão disputadas em melhor de três jogos, sendo que os primeiros colocados enfrentam o vencedor do duelo entre o 4º x 5º. Os segundos colocados pegam o adversário que vencer o jogo entre 3º x 6º. Por fim, o campeão brasileiro será definido em Final Four entre os quatro semifinalistas.

O campeão do Brasileirão, divisão de acesso, tem o direito de pleitear uma vaga na Liga Nacional de Basquete na temporada seguinte. Caso o Pinheiros conquiste a taça, o segundo colocado tem o direito de pleitear um lugar no torneio.

O Basket Osasco é o time de basquete masculino do município. O projeto é desenvolvido pela Aerco e tem o apoio da Prefeitura Municipal de Osasco e da Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer. O time conta com patrocínio de Sellerink, Portcrom, Vonca, INA (Instituto do Atleta), Fast Academia, BUMP, Decathlon Osasco e Megabit Telecom

Palavras Chaves: Basquete, Basquete Osasco, Basket Osasco, Osasco, Coruja, João Ricardo Lourenço, Basket, Basketball, Campeonato Paulista de Basquete, Campeonato Brasileiro, CBB, Confederação Brasileira de Basketball, Bola Laranja, Prefeitura de Osasco, Sellerink, Portcrom, Vonka, Instituto do Atleta, Megabit, Fast Academia Fast, BUMP, Decathlon Osasco.

Fotos: CBB
Abaixo, destaque para Gerson Victalino. Nas redes sociais do Basket Osasco e da CBB, você confere todos os selos em homenagem a Hélio Rubens, Gerson e Wlamir Marques. 







LEIA TAMBÉM!

CBB adia início do Brasileirão
Entidade segue orientação da FIBA; Estreia do Basket Osasco ainda não tem data definida
Pivô Gabriel Mendes é o novo reforço do Basket Osasco
Ex-Bauru e Quimsa-ARG, atleta acerta para a disputa do Brasileirão da CBB
Basket Osasco contrata ala-armador Edu Mariano
Atleta com experiência no NBB inicia sua segunda passagem pela Coruja
NAR recebe atletas do Basket Osasco
Na sequência da pré-temporada, elenco realizou importantes avaliações físicas
Basket Osasco e Decathlon Osasco firmam parceria
Loja fornecerá produtos para a preparação física e recuperação dos atletas

PARCEIROS
REDES SOCIAIS



Copyright© 2020 BASKET OSASCO.